Feijão Carioquinha com Charque e Temperos: encorpado e saboroso!

22:44Silmara Aldrighi


Costumo fazer praticamente só feijão preto em casa,
Mas faço às vezes lentilha, grá-de-bico ou feijão verde/baião.
Desta vez, como fui procurar uma receita e achei esta de uma vizinha de muito tempo atrás,
bateu aquele saudosismo e até cheguei a lembrar
do cheirinho que saía da cozinha dela ao preparar esse prato e da 
delícia ao provar, quando ela me levava um pouquinho.



BEM, É SÓ SEGUIR ESTA RECEITA SIMPLES!

Ingredientes: 1kg de feijão (limpar, lavar e escorrer), 1/2 kg de charque (dessalgar sem tirar todo o sal, mas tirar muito dele), sal a gosto e temperos: 6 dentes de alho (picadinhos, após retirar o miolinho deles), 1 tomate lavado e escorrido e cortado em 4 partes (sem as sementes), 1 cebola grande (lavada, descascada, retiradas as partes extremas e cortada em 4 partes), 1 pimentão (sem sementes e cortado em 4 partes), 3 pimentas-de-cheiro, 1 colher (sopa) de salsa ou coentro e outra de cebolinha, 1 colher (sobremesa) de pimenta em pó branca, 1 colher (sobremesa) de cominho em pó (não usei). à parte, para o final do cozimento, já quase na hora de servir, acrescentei mais 1 colher (sopa) de salsa e outra de cebolinha. Ah, minha vizinha usava coentro. Eu uso salsa para tudo, exceto frutos do mar, momento do coentro (para mim - há quem não o coma de jeito nenhum e há quem use coentro em tudo).

Modo de Fazer: minha ex-vizinha não usava panela de pressão e, por isso mesmo, demorava mais tempo. Se não usar a panela de pressão, deixe de molho o feijão (já limpo) desde a véspera, umas 10h antes de cozinhá-lo. Não fiz isso, porque ele é mais macio que o preto e resolvi de última hora (até saí para comprar os ingredientes cedinho). Bem, bati, no liquidificador todos os temperos anotados acima com 1 litro de água. Em uma panela de pressão (ou 2, como eu fiz), pode pôr o feijão e o líquido do liquidificador, além do charque e completando com água na medida de sua panela, deixando um pouco menos que essa medida. Na minha pressão, foram 30 minutos de cozimento. Depois, pus em fogo baixo, continuei com a panela semi tampada e acrescentei mais um pouco de sal (acho que tirei mais sal do que devia ao dessalgar o charque). O caldo vai engrossando e você vai misturando de vez em quando, até que fica pronto. E a hora de acrescentar 1 colher (sopa) de salsa ou coentro e outra de cebolinha e deixar mais 5 minutinhos no fogo (não deixe de misturar).

Dica: minha ex-vizinha refogava em óleo a cebola e o alho, depois colocava o feijão, depois o charque e depois a água quente. Quando estava quase mole o feijão (não fazia na panela de pressão), ela acrescentava os temperos picadinhos e quando eles ficavam quase desmanchados, acrescentava os temperos secos (pimenta-do-reino e cominho) e ia mexendo por mais 5min e desligava para servir quente, claro. Depois, ela me disse que passou a bater os temperos no liquidificador e fazia mais ou menos como postei aqui. Como eu não tinha tempo para fazer exatamente como descrevi aqui, fiz como achei que deveria e ficou muito bom também.

No final, estava bem encorpado e gostoso!


Claro que não comemos tudo! congelei 2 potes e deixei 2 para segunda e terça.

 


Resista se for capaz!!!!


Beijinhos da Sil!!! :-)



Você também pode curtir

0 comentários

Assine a newsletter

Dá um like

Formulário de contato