sexta-feira, 13 de março de 2015

Baião-de-dois e queijo coalho, aipim/macaxeira/mandioca frita ou carne de sol refogada ou cebola douradinha na manteiga ou linguicinha defumada de frango: é pra comer até cansar!

Sucesso em todas as 5 vezes que fiz em 2 meses.
Bem, só em ter feito tanto assim,
mostra que mais gente pediu esse prato...
...fiquei bem feliz, claro!

Veja as variações....
...que tal fazer no próximo final de semana?

OPÇÃO 1


OPÇÃO 2

Com linguicinha defumada de frango...


...em rodelas ou picadinhas...



OPÇÃO 3

Completando com aipim/macaxeira/mandioca frita.



OPÇÃO 4

Com cebola douradinha na manteiga.


Neste último, pode ser em rodelas ou picadinha....



Agora, completando a refeição com:
 "CARNE DE SOL"

Como acompanhamento, pode utilizar carne de sol e uma farofinha.
Basta cozinhá-la com um pouco de leite e sal, desfiá-la e refogá-la
com alho e cebola no azeite e um pouco de cheiro-verde. Está pronta.
O tempo e a cor dependerão do quanto gosta torradinha ou só "molinha".

 


Agora com:
 "FAROFA DE OVOS E FEIJÃO VERDE"

 

Nesse caso, refoguei cebola no azeite extravirgem
(fogo baixo para o azeite não perder suas propriedades).
Acrescentei alho para refogar e depois feijão verde escorrido.
Refoguei, pus uma pitada de de sal, acrescentei um pouco de
urucum (colorau) e cebolinha picada, misturei bem,
pus a farinha de mandioca já peneirada, provei sal e pronto.
Ah...uma batata doce apenas cozida na água e sal (ou no vapor)
cai muito bem.

Ah, tudo começou porque meu marido não é muito de comer baião e 
eu quis dar uma incrementada.
Aí ele gostou assim (só com essas variações),
mas ele disse que quer passar um bom tempo 
sem essas guloseimas...é verdade! Exagerei mesmo!


Bom demais!!!!

________________________________________________________________




VAMOS ÀS RECEITAS!!!

Primeiro a receita base e depois as dicas de variações do baião-de-dois
e do que pode ir nele também.


RECEITA-BASE

Ingredientes: 500g de feijão verde (o meu foi debulhado na hora, na Feira do Guará, no DF, em todas as vezes que fiz baião), 300g de queijo coalho, 2 xícaras (chá) de arroz parboilizado (cru), 100g de queijo parmesão ralado (em uma das vezes usei queijo coalho ralado na hora e me pareceu mais original assim), 1 cebola grande cortada em cubinhos, 4 dentes de alho picadinhos e sem a tirinha que fica no meio desses dentes, 1 a 2 colheres (sopa) de cebolinha e sal a gosto. Para cozinhar o feijão verde: 2 folhas de louro, 4 dentes de alho, sal e 1 cebola inteira (descascada e sem as pontas). Ah, você pode fazer a metade da receita (já fiz também), a depender do nº de pessoas que convidar.

Modo de Fazer: primeiro cozinhe o feijão até ficar macio. Para cozinhar o feijão verde, ponha, na água: 2 folhas de louro, 4 dentes de alho, sal e 1 cebola inteira (descascada e sem as pontas) - retire essa cebola assim que ficar pronto o feijão. Ao ficar pronto, em termos de medida, o que sobra de água é, em torno, do dobro da quantidade visual do feijão. AO retirar a cebola e as folhas de louro, escorra o feijão e reserve o caldo para o cozimento do arroz. À parte, lave e escorra o arroz. Enquanto isso, deixe ferver o caldo do feijão. Ponha o arroz na panela e ligue o fogo. Como o arroz acaba ficando um pouquinho molhado, consigo ligar a panela e, ao ver que ele começou a fazer barulho (não tem óleo, nem manteiga/margarina), ponho o feijão, misturo e ponho o caldo. Costumo usar o dobro do caldo em relação ao arroz. Nesse caso, usei um pouco mais, já que o feijão estava misturado ao arroz. Prove o sal - é a hora de corrigir. Lembre-se que o arroz puxará sal para ele também, mas se puser demais, estragará o feijão. Deixe a panela entre tampada e semi tampada e olhe de vez em quando. Quando estiver quase pronto meu baião, acrescente, os cubos de queijo coalho, misture
 e garanta que ele vá mais para baixo para ficar bem macio. SE PARAR POR AQUI O BAIÃO ESTÁ BEM LIGHT E SEM PROBLEMA ALGUM. Agora, podemos incrementá-lo bastante. Há quem acrescente aqui azeite ou manteiga/margarina ou fazer como nessas dicas abaixo.

Dica 1: se quiser cremoso, ao ficar pronto, antes de desligar, ponha 200g de requeijão, misture até sumir um pouco e desligue. Uma vez fiz assim,mas já faz algum tempo.

Dica 2: se preferir, ao fazer o arroz, poderá primeiro refogar cebola e alho no azeite, acrescentar o arroz, refogá-lo, pôr o feijão, refogar rapidinho e pôr o caldo do feijão e, quando a água tiver quase seca, pôr o que quiser, como o queijo coalho e/ou a linguiça ou azeite ou manteiga/margarina, etc - mas ficará mais calórico, com certeza! Por isso e porque já usaria outros toques no meu baião, que não refoguei o arroz, nem usei gordura alguma no meu baião (só depois).

 

 


INCREMENTANDO O BAIÃO.......


COBERTURA DE CEBOLAS DOURADAS NA MANTEIGA

 

Para essa cobertura altamente "light", 
basta refogar 2 cebolas cortadas em rodelas finas
em 3 colheres (sopa) de manteiga/margarina e depois polvilhar
com 1 colher (sopa) de cebolinha picadinha. 


COBERTURA DE AIPIM COZIDO E DEPOIS FRITO


       

Bem, cozinhei 2 pedaços médios de mandioca/macaxeira/aipim
em água, sal e 1 colher (sobremesa) de manteiga/margarina
na panela de pressão por uns 20 min e depois de bem escorrida
e retirados os talinhos do miolo, cortei, fritei, escorri bem para
tirar o excesso do óleo e joguei por cima.

Essa ficou mais "light" ainda, né? E crocante!!!!


FINALIZADA COM LINGUICINHA REFOGADA NO AZEITE

 

 

 

Nesse caso, pus as linguicinhas de frango defumado (Copacol é ótima)
na água para retirar resquícios de gordura 
(pode usar em rodelas ou em rodelas e de novo cortá-las na metade antes de ferver).

Assim que a água levantar fervura, você desliga e escorre.
Se demorar, vai tirar o sabor maravilhoso delas.

Em seguida, na mesma panela em que você as ferveu e jogou
a água fora, poderá dourá-las em um pouco de azeite (em fogo baixo)
e depois será só escorrê-las e as colocar no baião,
ainda na panela (você acabou de desligá-lo). Misture e sirva.

Detalhe: mesmo escorrendo, fica ainda um pouco de azeite.
Como você não usou fogo alto, ele não perdeu as propriedades.
Sem problema em usar, pois é pouco.

Gente, fica bom mesmo e não é pouco não!!!!!!



DICA IMPORTANTE!

Se quiser light de verdade, basta fazer a receita-base que é deliciosa,
não vai gordura (comprei queijo coalho sequinho) e agradará a muitos também!


VEJA OUTRAS POSTAGENS NOSSAS COM BAIÃO:

Baião para a criançada!

Delícia de Baião!

O Baião de 2011!

Um ótimo final de semana a todos e
uma ótima noite de sexta-feira 13!!



Ah, não deixem de ler também sobre o 
Baião-de-Dois cremoso da Rosângela!
Ficou uma delícia também.
O dela tem o requeijão e é ótimo!



Beijinhos da Sil !!! :-)







2 comentários:

Lylia Diógenes disse...

Como boa cearense, Sil, adoro baião de dois. Ainda não tem "a" receita. Com certeza, vou experimentar a sua.
Bj e boa semana,
Lylia

Doce Lar disse...

Oi, Lylia, querida!
Temos uma variedade tão imensa de baião no Ceará, que é difícil escolher somente uma versão, né? Veja, entre elas, a que gostará mais. Se depender do meu marido, é a que tem linguicinha e depois a que tem cebolas douradas.
Bjs e uma semana maravilhosa pra você!
Sil

Postar um comentário