domingo, 19 de abril de 2015

Carne de Caranguejo com farofinha - entrada saborosa e inusitada! Combine com seu almoço!

Minha mãe me trouxe a base de tudo, fresquinha,
direto de Fortaleza (o mesmo local de onde vieram os camarões).


Uma maravilha! Eu adoro caranguejo e não deu outra!
Parti para o "ataque"! Aliás, no meu caso, nem foi como entrada,
mas comi com farofinha, salada e arroz branco, ou seja,
virou prato principal, no meu caso.


Nesse dia, deixei a peixada de lado
(e como sou muito exagerada nas quantidades, sobrou e comi no dia seguinte).
Gosto de receber muito bem e acabo exagerando no nº de pratos...

   
Veja que usei metade nas forminhas de empada, pois não tenho a que deveria usar,
mas deixei a outra metade para congelar (após esfriar).

 

Usarei outro dia. Pensei em uma torta, mas tenho outras ideias também....


Essa aqui foi feita com carne moída refogada e misturada 
com batata cozida na água e sal.
Foi para os que não comeriam frutos do .mar.
Nesse caso, fiz bifes à rolê com abóbora refogada e quiabo.


É, foi tudo bem regionalizado para combinar,
mas com 2 menus: 1 com frutos do mar e 1 com carne.



VAMOS À RECEITA???



Ingredientes: ½ xícara (chá) de azeite, 1 colher (chá) de manteiga, 2 cebolas média picadas, 6 dentes de alho picadinhos (sem a tirinha do meio), 1 pimentão verde pequeno picadinho, 1 tomate picadinho, 3 pimentas-de-cheiro picadinhas (sem as sementes), 1kg de carne de caranguejo (ou siri) já  desfiada, 1 garrafinha de 200ml de leite de coco e a mesma garrafinha com caldo de camarão caseiro, ½ lata (ou ½ sachê) de molho de tomate refogado, 2 limões pequenos ou 1 grande ou médio, 1 colher (chá) de calorífero em pó, sal a gosto, 1/2 colher (sopa) de coentro picado e 1/2 colher (sopa) de cebolinha picada. Não lembro a quantidade exata da "maizena" que dissolvi em um pouco leite e misturei com o que estava na panela (após secar bem mais), para ficar uma mistura só (mais adiante, verá as fotos). Falha minha, mas essa parte é fácil para você saber. Comece com 2 colheres (sopa) de leite + 1 de "maizena" e vá misturando até engrossar.


Modo de Fazer: aqueça a manteiga/margarina e o azeite em panela antiaderente e refogue a cebola com o alho. Depois refogue o pimentão, a pimentinha-de-cheiro e o tomate. Em seguida, acrescente a carne de caranguejo, o leite de coco, o molho de tomate e o colorífico (colorau) e mexa bem por mais uns 20 minutos. Ponha caldo de camarão (eu tinha congelado, pois costumo fazer caldos de todos os tipos e congelar), prove o sal e finalize salpicando coentro e cebolinha. Não usei esse caldo todo da garrafinha não, mas somente a metade. Misture e desligue o fogo. Arrume a carne de caranguejo (ou siri) refogada em uma empadinha, ponha a muçarela e depois o parmesão ralado e leve ao forno para derreter essa entradinha. Pode servir. Ah, usei metade da receita e congelei a outra metade para fazer uma torta depois. Veja as dicas a seguir.
  

Dica 2: por cima da casquinha, experimente colocar requeijão antes da muçarela e do parmesão e leve ao forno médio para gratinar. Eu pus só a muçarela e depois ralei parmesão por cima na hora.


Dica 2: para quem não come frutos do mar, fiz a mesma forma de empadinha com queijo, mas o recheio foi carne moída refogada em todos os temperos e acrescentei batata (bem pouco – a proporção foi de 1 batata pequena para 400g de carne. Veja na foto acima.


 

 

 

 

 


 

  Bom demais! Para quem não gosta de frutos do mar,
não tem jeito mesmo, mara para quem gosta, ficou uma delícia!
Experimente! 






BOM APETITE!!!


Uma ótima semana e um ótimo feriado!

Beijinhos da Sil!!!! :-)

2 comentários:

Andrea Bitencourt disse...

Olá Sil!!!
Logo que vi a receita lembrei do meu marido, ele adora carne de caranguejo! Adorei a montagem e a combinação!!! Vou fazer por aqui!
Beijos e ótima semana pra ti! =)

Doce Lar disse...

Bom que gostou, amiga!
Se fizer um dia, poste o resultado e as dicas, ok?
Bjs
Sil

Postar um comentário