domingo, 3 de fevereiro de 2013

Sirigado à João do Buraco: do tipo do que é servido no Restaurante "João do Bacalhau" em Fortaleza...experimente! Inove também!

  

Curta mais essa maravilha com Frutos do Mar.
Desta vez Sirigado à (moda) "João do Buraco".
Ah, dizem por aí que é o prato "Bacalhau à João do Buraco"
é o apelido do criador do prato:
o Sr. João Pereira.

Bem, caso queira, também poderá fazer a receita com lascas de bacalhau,
no lugar do Sirigado, sempre com cebola, salsa, camarões,
molho branco, purê de batata, claras em neve. etc...
Peguei receitas na internet e adaptei a minha.
Depois das próximas tentativas, se houver novas dicas, postarei.
  
Não usei as "amêijoas" e ficou ótimo e mais dourado.
Há quem use bacon - não usei também.

 Veja a seguir...


http://manasecompanhia.blogspot.com.br/


Ingredientes: 600 g de filé de sirigado em pedaços ou de bacalhau dessalgado e em pedaços, 300 g de camarões, 1kg de batatas para o purê, 2 colheres (sopa) de margarina/manteiga,  3 colheres (sopa) de farinha de trigo, 2 gemas e em torno de 400ml de leite quente para o purê e uns 600ml para o molho (acabei sem medir o quanto usei - medirei na próxima vez que fizer e atualizarei o blog e postarei minha própria foto), 1 molho de salsa, 2 dentes de alho picadinhos, 4 cebolas grandes, azeite, sal e pimenta a gosto, 2 claras em neve e, opcional, 150g de miolo de amêijoas (não usei mesmo - veja o que significa: http://pt.wikipedia.org/wiki/Am%C3%AAijoa). Outro opcional: noz moscada a gosto (usei uma colherzinha de café ao fazer o purê).

Modo de Fazer:  reserve o sirigado/bacalhau já em lascas/pedaços, lavados e pronto para uso (o sirigado, lavado com limão e temperado com sal e pimenta e fritinho em pouco azeite fica uma delícia para uso). Corte as cebolas em rodelas finas. Aqueça o azeite e doure a cebola (não exagere na quantidade do azeite, mas deixe a cebola molhadinha mesmo). Em outra panela com água fervente e sal, o quanto baste para você, cozinhe as batatas com as cascas mesmo.  Enquanto elas cozinham, faça o molho. Depois do molho pronto, à parte, cozinhe os camarões rapidamente e os descasque (se for usar as "amêijoas" é agora que as abrirá e retirará o miolo - eu nem sei como usa e nem as usei na receita). Depois que o purê estiver pronto e frio, junte a esse purê parte da salsa picadinha e as claras em neve. Em uma vasilha que possa ir à mesa, disponha a cebola já dourada na margarina. Depois cubra as cebolas com os pedaços de bacalhau ou com as lascas de bacalhau e o restante da salsa picada e tempere com pimenta (indicam a preta, mas eu usei a pimenta que eu tinha em pó - use a que melhor tempera o seu gosto). Disponha, por cima disso tudo,  os camarões (e ponha agora também, se tiver usando, o bacon ou o miolo das amêijoas - sugiro nem usar qualquer um dos dois), regue com o molho e cubra com o puré de batata. Eu acrescentei queijo parmesão ralado (um pedaço que ralei em casa - ele quase não tinha sal e estava super saboroso - veja um de qualidade muito boa, pois fará a diferença). Leve ao forno aquecido a uns 200°C para dourar.

Modo de Fazer o Purê: descasque as batatas ainda quentes e utilize o esmagador (ou o espremedor) de batata. Ponha manteiga/margarina, misturando tudo em fogo baixo e mexendo sempre, acrescentando leite quente até obter um preparado homogêneo. A depender da batata, poderá usar mais ou menos leite que o indicado. Observe o seu ponto do purê (nem duro, nem mole demais).

Modo de Fazer o Molho: derreta a manteiga/margarina, polvilhe-a com a farinha, adicione gradualmente o leite quente e mexa sempre até o molho ganhar alguma consistência. Por fim, incorpore as gemas, mas não deixe ferver para não talhar. Eu esperei esfriar mais (estava de morno leve a frio - não arrisquei)

Dica 1: se seu bacalhau estiver salgado, então, numa panela grande, ferva água e escalde o bacalhau. Ou, desde a véspera, deixe-o de molho em água corrente, trocando-a de vez em quando - no mínimo umas 3 a 34 vezes. Bem, eu já comprei os pedaços dessalgados....é mais rápido! Ah, e nem precisa ser em lombo, pois como usará lascas, não precisa pagar mais para despedaçá-lo em seguida.....

Dica 2: esse preparo que eu disse ser com o peixe Sirigado ou Bacalhau, pode ser também usado com outros peixes se quiser variar. Cada um fica com uma delícia de sabor diferente. O badejo é tipo sirigado, só que ele é de água doce e o sirigado, de água salgada.

Importante: acho que mudei a receita um pouco ao acrescentar o queijo e ao retirar as amêijoas, mas foi assim que gostei. Como foi a primeira vez, precisarei aprimorar. Melhorando, melhorarei esta postagem também, claro! Mas faça que já será sucesso.
INTERESSANTE SABER

No restaurante "João do Bacalhau, em Fortaleza (CE), o líder dos pedidos, logo na entrada, é o bolinho de bacalhau, mas há também a patanisca de bacalhau, com o pescado desfiado e empanado com pimentões e várias outras delícias. O restaurante é especializado em mariscos e frutos do mar. Entre seus principais pratos, estão o tradicional "Bacalhau entre Rios", o "Bacalhau com Natas", o "Sirigado à João do Buraco", o "Camarão do Chef", o "Peixe ao Forno", a "Peixada", o "Caranguejo do Alaska", a "Moqueca" e o "Timãozinho de Frutos do Mar".

O "Bacalhau entre Rios" É uma posta generosa de bacalhau, mergulhada em azeite, batatas em cubos, cebola e alho. Há ainda o "Sirigado à Lagareiro" (com batatas ao murro, alho, cebola, azeitona) e muito mais!

Ah, bom dizer também que eles têm mais de uma opção de restaurante, um bem perto do outro, mas com estilos diferentes. Gostei mesmo do que é mais requintado, com ar condicionado e fui muito bem atendida....bom mesmo!

 

Encontrei esse link, ensinando como fazer a receita: http://www.youtube.com/watch?v=uksJAAfF7bo


Veja também a postagem anterior da
DOCE LAR PARA VOCÊ!

Visite também esses links interessantes
  
Bom Apetite!
Beijinhos da Sil!!!:-)


2 comentários: