sábado, 31 de janeiro de 2015

Quiabo com Frango (e sem baba): ficou bem gostoso! Experimente!

Eu não gosto de quiabo, mas meu marido adora.
Ele até prefere sem frango mesmo, mas fiz com desta vez.
Não ficou com baba. Pela foto até dá para ver....


Ele gostou bastante!
A única sugestão dele foi retirar as ervas
para não "apagar" um pouco o sabor original do quiabo.


Simples de fazer. De modo resumido...

Refogam-se as verduras, depois o frango com sal e temperos e depois,
ao pôr o quiabo, só vá balançando a panela/frigideira até ficar pronto.
Não mexa com a colher.

Ele vai assim se misturando às verduras
Se precisar, pingue um pouco de água e mais sal.
Não pus mais sal na minha. Deixei pegar o gosto
dos temperos e do frango.


Ah, Se não usar o frango, é só refogar as verduras que quiser e depois
ponha o quiabo e... não fique misturando...

Na foto abaixo, o frango com temperos está mais embaixo.
Após balançar, aos poucos, a frigideira, ele vai se misturando
com o frango e a verdura e fica como na foto acima,
até chegar na foto inicial desta postagem.


Já fiz só com 1 cebola, um pouco de alho (uns 4 dentes picadinhos) e sal,
com a mesma quantidade de quiabo e sem ficar mexendo também.

Você sente mais o sabor do próprio vegetal.
Se você prefere assim, fica a dica, pois meu marido adora assim.

Importante saber que a época dele é de dezembro a março e que nos oferece
35 calorias por porção de 100g, Muito usado por mineiros,
ele tem vitaminas A e C e sais minerais: fósforo, cálcio e ferro.
De origem africana, é bom para quem tem problemas digestivos.


VAMOS À RECEITA?

 

Ingredientes: 2 bandejas de quiabo (comprei na Feira e a bandeja estava bem cheinha e os quiabos, lindos) – acho que foram uns 300g, - 300g de filé de peito de frango em cubos (temperados na véspera com sal, alho e ervas), 1 cebola pequena picada, 1 tomate médio picado (sem sementes),  ½ xícara (chá) de azeite, 6 dentes de alho (sem o fiozinho dele que fica no meio  e picadinho), sal a gosto.

Veja o que fiz com o quiabo para ficar sem baba (Modo de Fazer):

(1) lavei-os bem, ainda inteirinhos, enxuguei tudo com um pano de prato limpo.

(2) refoguei as verduras e pus o frango para refogar. Misturei e tampei a panela.

(3) enquanto ele cozinhava, cortei aquele cabinho deles e depois cortei o restante em rodelas mais grossas (há quem prefira rodelas finas).

(4) assim que o frango estava macio, pus os quiabos, dei uma misturada só balançando a panela (na primeira vez sem a tampa para ver o que acontecia), tampei e deixei ir cozinhando. Abri 10 min depois e passei a abrir de vez em quando. Sempre, antes de abrir, segurava o cabo da panela com uma mão e a tampa com a outra e dava uma balançada na panela/frigideira antiaderente e, se precisasse, acrescentava água. Dependendo de como ficou o tempero do frango, talvez precise acrescentar um pouco de sal. Como estamos comendo com menos sal, não pus mais não.

(5) no caso das verduras, para refogar, primeiro pus o azeite com a cebola, depois o alho, depois o tomate, o sal e o frango, nessa ordem. Como iam refogando, mexia e acrescentava. Quando o frango ficou pronto, pus os pedacinhos de quiabo, como disse acima.

Não tem segredo não....é só isso mesmo: simples e caseiro! Ah, a opção mais simples de todas é, ao usar o processo de lavagem e corte e sem mexer, basta por no vapor com um pouco de sal. Fica super saudável e será o sabor puro do quiabo. Para comer com arroz branco, deve ser ótimo!

Detalhes: tem quem ponha gostas de limão ou vinagre para não sair a baba (mas já tentei e muda um pouco o gosto e acho que fica mais amarelado). Outros deixam a baba ir grudando na panela e depois teriam que deixar a panela de molho para limpar direitinho. Essa forma não tentei, mas dizem que ela sai também. Nesses 2 casos, eles mexem o quiabo com cuidado, mas mexem.

Se você gosta dele, com certeza, gostará desta receita caseira e simples!!!

Veja também as dicas do Mangia che te fa bene.
O Site informa também dos benefícios do quiabo
para a nossa saúde!


Um ótimo sabadão a todos!

Beijinhos da Sil!!! :-)

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Delícia de Pão Caseiro da Isadora

Ficou delicioso!! Comemos quentinho...hum.........APROVADO!
Não deixe de experimentar você também, tá? Vale mesmo!!!


 É uma receita adorável da nossa vizinha Isadora.
Ela e o Paulo formam um casal novo, simpático e muito querido.
Valeu, vizinhos!!!!! Parabéns, Isa (ou Dora - como me disse)!


Vejam as fotos!!! Dá ou não dá vontade de fazer?
Nem tenho dúvidas que você fará sucesso com ela!!!


Ah, claro, vocês ainda têm opção de variar o recheio
e transformar o pão em novidade cada vez que o fizerem!

Poderão enrolar a massa como rocambole, só dobrá-la
ou ainda fazer pãezinhos individuais.


VEJAM A RECEITA!!!



Ingredientes: 3 copos (de 240ml) de farinha de trigo, 1 ovo, 1 copo (de 240ml) de leite, 3 colheres (sopa) de açúcar, 1 colher (sobremesa) de sal, 1 colher (sopa) de fermento biológico seco (aquele pacotinho em pó), 1 colheres (sopa) de azeite ou óleo e 1 gema para pincelar. 

Recheio:  à sua escolha. No caso dela, foi carne refogada com seu tempero e milho verde, mas há muitas opções de recheio para seu pão. Veja o que tem em casa e aproveite.

Modo de Fazer: misture os ingredientes secos (deixando 1 copo de farinha de trigo para o final) e depois acrescente os demais. Ponha metade desse último copo de farinha de trigo agora e misture bem. Aos poucos, vá usando a outra metade desse último copo e misturando até ficar uma massa só. Sove bem e deixe descansar até dobrar de volume. Abra a massa com o rolo, recheie e enrole ou dobre ou separe a massa em partes pequenas e monte mini pães. Pincele com a gema, polvilhe com orégano e parmesão. Leve para o forno médio pré-aquecido. Sirva quente e coma pouco, se conseguir!!!




RECHEIOS VARIADOS

Brócolis com Ricota: amasse a ricota e tempere com o que gostar (sal, pimenta, orégano) e misture com brócolis (cozido rapidamente - branqueamento - e picadinho).

Frango com Catupiry: cozinhe o frango em água com caldo de galinha (para cada peito 1 caldo), desfie e misture bem o catupiry (Se desejar adicione milho cozido).

Presunto e Queijo do seu gosto: misture queijo e presunto picado e recheie seus pãezinhos.

Queijo Branco, Tomate e Manjericão: amasse o queijo branco para que vire uma pastinha, junte tomates sem sementes picados e folhas de manjericão.

Bacon, Champignon e Muçarela: corte o bacon em cubinhos, frite bem e deixe escorrer a gordura, junte champignon picado e mussarela.

Salame e Muçarela: pique bem o salame, misture com queijo mussarela.

Linguiça defumada de frango, ervas, cebola e muçarela: ferva, escorra e frite, em azeite (fogo baixo), a linguiça picadinha. Ao ficar douradinha, ponha a cebola e 1 colher (sopa) de manteiga/margarina e refogue bem. Acrescente (ou não) 2 dentes de alho picadinhos e refogue. Desligue, misture as ervas. Ao esfriar, ponha queijo picadinho e misture tudo.

Hotdog: pique bem a salsicha já fervida por 2 vezes e misture com tomates picados sem sementes ou use o molho (mas escorra bem para não ficar molhado demais) desse cachorro-quente ou desse.


Uma ótima semana pra todos vocês!!!

Beijinhos da Sil!!! :-)

domingo, 18 de janeiro de 2015

Bolo de Banana super saudável e gostoso: sem glúten e sem lactose! Feito no liquidificador.

Ficou muito gostoso e, "pra variar", levei de novo aos colegas
e gostaram bastante. Aliás, foi sucesso em casa também e com os vizinhos.

Já gostava de distribuir quitutes e agora sempre os divido,
para obter opinião de públicos diferentes.

Aliás, os mais exigentes estão em casa mesmo.
Longe de eles serem Master Chef ou Cozinha Sob Pressão
e eu menos ainda. Só me considero amante da culinária mesmo,
mas aqui tentam me ajudar a me superar cada vez mais.
Isso é muito bom!


Vi essa receita no "Estrelas" e acabei de ver em vários blogs.
A Carol Trentini mostrou dia 03jan e testei no dia seguinte.

Ela não usou forma de bolo (com buraco no meio), mas aquela
redonda sem buraco, onde depois tiramos a parte de baixo.
Como eu queria usar a mesma massa para teste....


...então,  usei metade da massa nessa forma....


..e a outra metade, usei na forma de pão, da seguinte forma:
metade massa, fatias de goiabada, metade massa,
banana picada e açúcar e canela.


Outro sucessão!


Veja mais receitas do "Estrelas" aqui!


E ficam bem diferentes as duas,
já que uma é totalmente sem nada que faça mal ou engorde 
e a outra também não faz mal, mas vai açúcar normal em cima
(com canela, mas aí tudo bem), além das fatias de goiabada no meio.


Veja a receita normal e depois incremente, caso queira,
com as dicas que dei acima. A única falha foi que esqueci de tirar
a foto com o bolo partido. Delicioso, mesmo assim!


Ingredientes: 4 ovos, 3 bananas bem maduras, 2 xícaras (chá) de açúcar demerara, 1/2 xícara (chá) óleo de coco, canela a gosto, uma pitadinha de sal, 1 colher (chá) de essência de baunilha, 1/2 xícara (chá) de leite de amêndoa, 2 xícaras (chá) de farinha de arroz integral peneirada, castanhas a gosto, 1 colher (sopa) de fermento em pó e canela em pó para finalizar.

Modo de Fazer: bata os ovos no liquidificador com a canela e o extrato de baunilha por dois minutos. Adicione as bananas, açúcar, óleo de coco, sal e o leite e bata até ficar bem cremoso. Despeje o conteúdo do liquidificador em uma vasilha e adicione a farinha aos poucos. Adicione o fermento por último. Unte a forma óleo de coco (e polvilhe farinha de arroz - não precisa de farinha na forma de silicone) e asse no forno pré-aquecido a cento e oitenta graus por 30 a 40 minutos. Use canela em pó para finalizar. A dica dela é deixar 30 minutos e tirar, para que ele termine de cozinhar fora. Veja o vídeo. Pode também polvilhar açúcar em cima, mas não fiz isso.


Totalmente saudável!


Muito gostoso também!!!

 

Uma doce semana para todos...


...com paz, saúde, sucesso e muitas alegrias!!!


Beijinhos da Sil !!! :-)




segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Torta de limão de minuto - para quem gosta, mas está com pressa!

Fiz muito rápido essa receita.
O melhor é que ela deu certo.


 Se você tiver os ingredientes em casa,
consegue fazer ainda para o almoço de hoje.


  

VEJA COMO É FÁCIL!!!

A 1ª camada (a de baixo) foi assim:
mergulhei 2 pacotinhos de biscoito de maisena
(aquele que vem com 3 partes; usei 2 delas).
Assim que elas começavam a sentir que amoleceriam,
eu as retirava e colocava no fundo da vasilha.
Já vi mergulharem em leite (pode também)
ou em sprite/soda (também dá certo).


A 2ª camada foi mais fácil ainda,
já que é misturar tudo à mão e pôr no pirex:
1 lata de leite condensado, 1 caixinha de creme de leite (200ml)
e 1/2 lata de suco puro de limão espremido na hora.
Você pode regular a quantidade de limão ao seu gosto.
É ele que, em contato com os outros ingredientes, endurece a mistura.
(eu não tinha mais limão do que usei)

É misturar tudo até sentir que o creme
virou 1 só mistura e que deu uma endurecida.
Pronto, pode pôr na vasilha. 

 

A 3ª camada, nem se fala. Como não estava com tempo de fazer o chantilly,
comprei pronto e o mais fácil mesmo. Foi enfeitar e pronto.
Depois polvilhei com raspas de limão e deixei na geladeira 
para servir após o almoço.

 

Essa sobremesa é algo muito prático mesmo!


Fiz dela porque, como minha mãe adora torta de limão
e  não daria tempo de fazer o almoço,
a sobremesa, sair com ela e meu pai,
que estavam passando uns dias conosco,
fiz todas as receitas bem rápidas, 
mas saborosas, com gostinho de casa. 


Mas como nem todos gostam de limão, fiz, na véspera,
Tudo deu certo - da entrada às sobremesas,
além do passeio. Valeu!


Essa receita acabou sendo um curinga para 
quem gosta de sobremesa doce com azedinho.

Fica a dica!

Uma ótima semana a todos!

Beijinhos da Sil!!! :-)

domingo, 11 de janeiro de 2015

Sobremesa Romeu e Julieta: tudo de bom com praticamente nenhum esforço!

Simples de fazer e fica uma delícia!

Você pode servi-la individualmente e geladinha
ou fazê-la em uma vasilha que possa ser esquentada no micro-ondas,
mesmo que rapidamente, para ser servida quente com
1 bola de sorvete de creme.


1ª camada: 1 lata de leite condensado e 10 polenguinhos batidos no liquidificador.
2ª camada: também no liquidificador, bater 1 lata de creme de leite e 400g de goiabada.

 

Fiz a metade dessa receita e enfeitei com goiaba e queijo coalho (pode ser o minas).

No caso da 2ª camada, desta vez, depois de bater no liquidificador,
acabei levando ao fogo em banho-maria, já que meu liquidificador
bom "pifou" e, pasmem, ainda não comprei outro.

Então tive que usar esse mais simples com menos potência mesmo.


VIU COMO É SIMPLES?


Você tem a opção de usar o seu potinho
ou ainda de usar aqueles descartáveis de cafezinho.
Como não como muitos doces, prefiro o menorzinho.
Assim a gente não exagera e ainda aproveita a gostosura.


Esses 5 descartáveis são para levar aos amigos no trabalho.
É um mimo para quem me trata tão bem!

Os outros estão em um conjuntinho de vidro 
e melhor não arriscar ficar com eles pra lá e pra cá,
embora sejam muito mais bonitos.


Já que a semana está começando hoje,
com essa sobremesa rápida ninguém perde tempo,
a gente não perderá tempo.

FAÇA VOCÊ TAMBÉM E NOS CONTE AQUI!


Uma ótima semana a todos!!!!

Beijinhos da Sil!!! :-)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Arroz de Bacalhau com a sobra de Bacalhau ao Forno. Faça 2 lindos pratos em 2 dias!

Veja como ficou o arroz de bacalhau!
Como tinha comprado muito bacalhau,
acabei repetindo o sucesso do Ano Novo
e fazendo o bacalhau de forno da Ivone.


Só que ainda sobrou....sou mesmo exagerada, né?
Aí inventei esse prático e delicioso arroz de bacalhau,
separei também para trazer para amigos do trabalho
almoçarem comigo e todos amaram!


Aqui você encontra a receita do Bacalhau à minha moda,
cujas sobras também podem ser usadas para fazer esse arroz,
que é delicioso! Experimente fazer assim e usar
o que sobrou para fazer o arroz.

 

A depender do que mais sobrar, 
o arroz ficará mais colorido ou mais branco.
Se não sobrar bacalhau, não adianta fazer este tipo de receita.
Claro que você não usará todo o azeite ao fazer o arroz também.

Como as batatas não podem ser congeladas, acabei usando também.
Se sobrasse só o bacalhau, era desfiar e congelar para fazer outro dia
um outro prato com ele (torta, risoto, etc).



VEJA COMO É FÁCIL!!!

Primeiro você pica tudo que sobrou da bacalhoada
ou do bacalhau de forno. Tinha sobrado 1/3 do prato de bacalhau.

Observe que, no caso da batata, como ela já é cozida
e ainda ficará cozinhando mais, porque estará no cozimento do arroz,
acabará sumindo e você nem sentindo que tem batata,
mas ela dará o amido para deixar o arroz mais ensopadinho.


Depois de picar tudo e colocar numa panela
(não precisa pôr óleo ou azeite, pois está tudo embebido no azeite,
nem usar todo o azeite que sobra - usei umas 2 colheres de sopa),
vá refogando, enquanto a água do arroz ferve
(usei o dobro e mais um pouquinho de água).
Ah, usei 1 xícara (chá) de arroz parboilizado cru bem lavado.

Junte o arroz para refogar nessa mistura que já está quente,
refogue bem e acrescente a água que acabou de ferver.
Deixe no fogo médio e fique verificando, porque precisará
mexer de vez em quando.

Além disso, pode acrescentar um pouquinho de catupiry,
assim que o arroz ficar pronto, misturar bem e servir.

Preferi usar saladas cruas (misturei e temperei),
mas há quem prefira batata palha ou as 2.

Fácil, não?

Um ótimo final de semana para você!!!

Beijinhos da Sil!!! :-)